segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Desde pequeno vendo seus pais brigar
Ele aprendeu a amar aprendeu a odiar
Aquilo ia acumulando em sua cabeça
Ele ta crescendo ta dando problemas
Na escola ele nunca se deu bem
Nem com amigos nem com ninguém
Namorada ele teve apenas uma
Logo ele deu um chute em sua bunda
Rebeldia adolescente
Ninguém te entende ninguém te compreende
Rebeldia adolescente
O futuro esta em sua mente
Logo na rua conheceu o cigarro
Já estava mais do que viciado
Depois partiu para coisas mais pesadas
Era a pedra sua amiga de estrada
Roubava carros pra sustentar o vicio
Quase foi parar dentro de um hospício
Passam os anos ele sem aguentar
Saudades dos pais Saudades do lar
Rebeldia adolescente
Ninguém te entende ninguém te compreende
Rebeldia adolescente
O futuro esta em sua mente
Depois de um tempo enfrentando a policia
Foi parar dentro de uma delegacia
Ele jurava que era inocente
E o delegado todo sorridente
Mandou prender o cara por uns 5 anos
E na visita sua mãe chorando
Ultima noticia que eu soube dele
É que o cara havia morrido em um acidente
Rebeldia adolescente
Ninguém te entende ninguém te compreende
Rebeldia adolescente
O futuro esta em sua mente


Esta música é dos Worms e tem como titulo " Rebeldia Adolescente "




Mariana Pereira

segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

Um Copo a Mais - 4Taste




Um copo a mais
Um copo não é demais
Se eu for contigo

Não me olhes assim, disse o copo para mim
Porque a tentação, não é mais que uma falsa paixão
E tu tens de pensar: a mágoa pode partir
Mas ela voltará amanhã de manhã

Refrão:
Agora tens de te parar (não paro)
Tu já não podes continuar assim (é só mais um)
Acorda estás a exagerar (não estou não)
Eu sei que te posso mostrar, é uma ilusão

Um cigarro a mais, não há-de ser demais
Para ser social, para ser aceito

E ele pergunta-me a mim, porque é que és assim?
Tão indiferente a eu dominar a tua mente
Ao ponto de pensares, e nunca, nunca duvidares
Que vão marginalizar-te se não fumares

Refrão:
Agora tens de te parar (não paro)
Tu já não podes continuar assim (é só mais um)
Acorda estás a exagerar (não estou não)
Eu sei que te posso mostrar, é uma ilusão

Então parti o meu copo desta vez
Sem autorização nem porquês
Vou deixar de ser influenciado
Vou deixar de ser viciado


Inês Santos
Sofia Lima
Marta Ramalho
Mónica Silva
Nicole Martins

segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

O nosso corpo é uma coisa boa ou uma coisa má?

É uma coisa boa, mas às vezes ouvimos coisas que parecem estar a falar de uma coisa má, como por exemplo na idade média era pecado só olhar para um corpo nu, incluindo o nosso.
Ora, o corpo não é apenas uma coisa boa... é uma coisa FABULOSA.
O corpo é a única coisa realmente nossa. Define a nossa identidade. O nosso rosto, as impressões digitais.
Se o corpo é uma coisa boa, devíamos tratar com mais cuidado e termos mais respeito por ele.

Quem te avisa teu amigo é!


Tu até podes achar

Que é bom, curtido e muito na moda
Andares-te aí a picar, a fumar e a snifar
Mas não penses que vai sempre resultar
Não te vou condenar nem ninguém o deve fazer
Mas tens de perceber que isso não é viver
Por isso pára para pensar
Que não és só tu a sofrer
E pensa nos que vais magoar
Aqueles que te amam e vão sempre apoiar
Não te vão abandonar
Não estás sozinho nem nunca vais estar
Se vais entrar por ai, mesmo depois de eu te avisar
Tu é que sabes e eu não te posso obrigar a mudar
Espero que percebas que isso ai não é vida
Nada tens a ganhar
E por último se pensas que é só experimentar
Pensa que depois, não é fácil deixar.


Inês Santos
Sofia Lima
Marta Ramalho
Mónica Silva
Nicole Martins

quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

Virgindade


Ser virgem é o facto de ser virgem, isto é, de nunca ter tido relações sexuais. Em média, as raparigas têm a sua primeira relação sexual por volta dos 17 anos, o que não quer dizer que depois dessa idade tens obrigatoriamente de a perder. Neste domínio não há regras! O essencial é estares preparada e devidamente prevenida quando a situação acontecer. Não te deixes pressionar por ninguém, nem por colegas da escola que dizem que "já o fizeram", nem por rapazes muito apressados. Sê tu mesma, orgulhosa das tuas escolhas.


Estás verdadeiramente preparada quando:

  • Se te sentes bem com ele, é evidente, é um bom rapaz.
  • Não o vais fazer para o agradares, conquistares ou manteres.
  • Não o vais fazer só para imitar as tuas amigas.
  • Gostas muito dele e o teu desejo aumenta quando estás com ele.
  • Conheçem-se muito bem psicologicamente e fisicamente.
  • A vossa relação é sincera, vocês comunicam e confiam um no outro.
  • Já abordaram o tema do preservativo.
  • Sabes que ele será meigo, tranquilo e prevenido quando chegar o momento
  • Queres mesmo dar-lhe essa prova de amor.
Experiência pessoal:
"Sou muçulmana. Para os meus pais e para mim é normal que eu mantenha a virgindade até ao casamento. As minhas amigas não entendem esta situação e por vezes perguntam-me: "Imagina que te dás mal na cama quando te casares com ele, como é que vai ser?". Isso para mim não importa, se nos amamos, não importa mais nada. Porquê metermo-nos com o primeiro que nos aparece? Isso não quer dizer que sejamos feias e mal-feitas, eu até tenho imenso sucesso, mas sou fiel a mim mesma"

Rita Fernandes

segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Rebeldia:
Nem todos os adolescentes vivem a adolescência da mesma maneira e não és obrigada a ter todos os sintomas que acompanham esta famosa crise. Cada um procura a sua identidade. No entanto, abafar a sua rebeldia pode provocar alguns estragos. Tenta libertar-te falando com os teus amigos ou arranjando meios de acção: diários, teatro, graffitis. . . Como a adolescência é um período crucial , temos tendência a acreditar que é o único momento em que podemos bater pela nossa identidade. Mas na realidade, esta demanda, prolonga-se por toda a vida.

Contra os pais:
É impossível colocar um pé à frente do outro na confusão do teu quarto (para afastar os teus pais?), ouves música com uns auscultadores( Para não ouvir o que eles te dizem?), passas a maior parte do tempo fora de casa( Para não estares com eles?). Os teus pais já não são os teus modelos e queres definir a tua própria identidade, queres mostrar-lhes que és uma pessoa que sabe pensar por si própria. Mas eles, embora não o penses, são os responsáveis por ti. Além de tudo, amam-te e sabem mais do que tu acerca de numerosos assuntos. Recusar o diálogo e afirmar sempre "De qualquer maneira, eles são uns inúteis" Não traz progressos e não leva a lado nenhum.

Contra a escola:
Viver em sociedade é aceitar regras estabelecidas, se não nos queremos submeter a elas, então o melhor é ires viver sozinho para uma caverna. Na escola, deves submeter-te a um regulamento, embora por vezes, queiras viver à tua maneira e seja um pouco difícil de aceitar. Ser chefe de turma é uma maneira de estares mais por dentro do que se passa e tomar parte das decisões, assim dás espaço à tua rebeldia. :D
Rita Fernandes
Ps: Estes textos são da autoria de Emannuelle Lepetit, Annaick Fontvielle, entre outros, no livro: Adoro ser uma adolescente

Crescimento

Lentamente, mas de uma forma segura
-És a mais baixa da turma e estás preocupada. No entanto, é bem provável que, dentro de alguns meses ultrapasses os teus colegas, porque o teu crescimento ainda não acabou. É durante o primeiro ano de vida que evoluímos mais, uma média de 25 cm. Depois o crescimento diminui progressivamente até aos 6 anos e estabiliza-se até á puberdade.

Período regular= Fim do crescimento
A puberdade marca a passagem à adolescência. Nesta primeira fase, a estatura muda rapidamente. Os pés e as mãos crescem... logo a seguir o nariz, as pernas, os braços e finalmente a coluna vertebral. Podes crescer até 10 cm por ano. Ganhas também alguns centímetros em largura: o tórax e a bacia alargam. Não te preocupes, todas estas situações vão harmonizar-te.

Curiosidade:
- Os holandeses são os mais altos do Mundo com uma estatura média de 1,78cm nas mulheres e 1, 84 nos homens. Sandy Allen que vive nos Estados Unidos é actualmente a mulher mais alta do Mundo. Mede 2,31m. Com 10 anos já media 1,90m. *O*


  • Rita Fernandes